quarta-feira, 15 de julho de 2009

Pobreza é


Pobreza Extrema

Miséria e fome...







Pobreza Absoluta

Rendimento inferior ao necessário para fazer a despesa mínima à manutenção da vida.

Primária: Rendimento abaixo do mínimo necessário à manutenção meramente física.

Secundária: Rendimento inferior ao necessário às despesas primárias com habitação, transportes...



Pobreza Relativa

Ser pobre em Portugal, hoje, é diferente de há 20 ou 30 anos; e diferente de o ser, hoje, em Angola ou em Inglaterra.



Pobreza Subjectiva

O mesmo Rendimento tem diferentes significados e usos para, por exemplo, os Velhos pobres ou os Novos pobres, de acordo com a experiência existencial do próprio que a vive.



Pobreza Convencional

Considera-se pobre aquele que tiver um Rendimento inferior a determinado montante e que reúna condições de lhe ser atribuído, pelo Estado, um rendimento mínimo (RSI).



Pobreza Total/
Pobreza Parcial:

Pobreza Total - falta de todo o tipo de recursos.

Pobreza Parcial - falta de alguns recursos.



Pobreza Temporária/
Pobreza Permanente

Temporária: situação conjuntural ou de curta duração.

Permanente: de longa duração, por exemplo, desempregados há mais de um ano.



Pobreza Envergonhada

Quem a sofre, esconde a sua situação.


"O meu maior sonho é ser pobre um dia!
Porque ser todos os dias, é terrível"

(Anónimo)

sábado, 4 de julho de 2009

Vamos tornar o sonho um pouco realidade


Não deixem de ver. Emocionem-se!

E?... Que posso eu fazer?

Que podes tu fazer?

Há sempre algo que depende de cada um de nós!