sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Gritante!

(Reportagem do jornal Público - SOS na zona pobre)

Mas, por exemplo, há dinheiro para pagar a Instituições quando as Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) vêm retirar os filhos, em vez de os manterem nas famílias, com ajuda.

"O que se esperaria do sistema é que ajudasse as pessoas a romper o círculo da pobreza e da exclusão."

"Não há mobilidade social ascendente." 
Pois não, assim não pode haver!


0 Comments: