quarta-feira, 24 de junho de 2009

Nova Geração de Excluídos



«São pobres os indivíduos ou família cujos recursos são tão escassos que os excluem do modo de vida aceitável no Estado-membro em que vivem.»

[Definição Política de Pobreza, Conselho de Ministros da CEE-10, 1974.]

6 Comments:

Ana Campos said...

Mais vale reduzir os pobres a cinzas.
Ser pobre neste mundo não é aceitável por ninguém. Este mundo está em decadência. O ser humano está pobre de espirito, de fé.
Chora-me a alma de tanta maldade e hipocrisia em que vivemos.

zedeportugal said...

5Quando Ele abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro ser vivente que dizia: «Vem!» Na visão apareceu um cavalo negro. O cavaleiro tinha na mão uma balança. 6*E ouvi algo semelhante a uma voz no meio dos quatro seres viventes que dizia:
«Uma medida de trigo por um dinheiro e três medidas de cevada por um dinheiro. Mas não estragues o azeite nem o vinho.»
(Apocalipse 6)

Nota: É geralmente aceite que no fim da República e no início do Principado, o denário correspondia ao salário diário de um trabalhador. Com um denário era possível comprar em torno de 8 quilos de pão. (Wikipedia)

12*Eis que Eu venho em breve e trarei a recompensa para retribuir a cada um conforme as suas obras. (Apocalipse 22)

Tudo está previsto, tudo nos é mostrado... tudo está bem à vista. Mas nem precisamos de ter consciência do que vem: basta segui-Lo de todo o coração e, na hora do julgamento dizermos com fé o Seu nome e Ele nos reconhecerá como seus.
Abraço em Cristo nosso Senhor, cara amiga.

Ferreira-Pinto said...

Uma das coisas que eu adoro é a capacidade que os nossos políticos encontram para se saírem com tiradas tão lúcidas quanto estas mas, depois, se mostram objectivamente incapazes de encontrar soluções e medidas que dispam de conteúdo definições como estas.

Um imenso prazer. Sempre.

Ana Martins said...

Tem toda a razão Mafa_r.

Quanto ao conhecermo-nos de outros sítios, ainda não me tinha apercebido disso. Fa Menor claro que que me diz alguma coisa, ou por outra diz-me até muito.

Beijinhos,
Ana Martins

Sara S. said...

Infelizmente podem ser feitas observações dessas. E como combatem essa miséria? Comprando jogadores por 94 milhões, planeando ganhas biliões em auto-estradas absolutamente desnecessárias, sem falar em aeroportos e outras coisas que tais. Devia haver uma melhor gestão do dinheiro de modo a diminuir as situações de pobreza e o número de pessoas que se situa nesse limiar. Talvez um dia.
Acho este blog muito interessante. Oxalá existissem mais pessoas a pensar nesta temática e a lutar para que a situação mundial melhorasse. Bjs

Sara S. said...

planeando gastar*